gototop
Terça, 13 Junho 2017

ArPDF participa de sessão solene na CLDF

O Superintendente do Arquivo Público do Distrito Federal, Nickerson de Almeida, participou na manhã de hoje (13), na Câmara Legislativa, de sessão solene em homenagem ao Dia Internacional de Liberdade de Imprensa, data celebrada no último dia 7 de junho. No encontro presidido pelo deputado distrital, Raimundo Ribeiro, foi instituído o Prêmio Carlos Chagas de Jornalismo da Câmara Legislativa. Entre os convidados do evento estavam o Presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, e a promotora pública, Cláudia Maria Chagas, filha do homenageado, Carlos Chagas, que faleceu no último dia 27 de abril, aos 79 anos.
Para o gestor do ArPDF, Nickerson de Almeida, a lembrança da data e a homenagem ao respeitado jornalista são mais do que legítimas, destacando documentos que fazem parte do acervo da instituição diretamente ligados à censura à imprensa no passado. “A Liberdade de Imprensa é o direito dos profissionais da mídia de fazer circular livremente as informações. Essa liberdade é uma conquista da sociedade, pois sabemos em que outros tempos as coisas não eram assim, já que que os jornalistas tinham suas atividades acompanhadas com lupa”, destacou o Superintendente.
Desde fevereiro deste ano que documentos que pertencem ao Fundo Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP – DF) foram abertos para consultas pelo Arquivo Público do Distrito Federal. São quase 100 caixas de documentos com informações de 1963 a 1990, guardadas há mais de 50 anos. Muitos contêm o carimbo “Confidencial” e os timbres de diversos órgãos de repressão, incluindo o temido DOI-CODI. São registros das operações realizadas por agentes do regime comandado por generais, até então mantidos sob sigilo. (Ascom/ArPDF)
 
Crédito da foto: Silvio Abdon

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias ArPDF participa de sessão solene na CLDF