gototop
Segunda, 08 Maio 2017

Documentos do ArPDF compõem exposição inédita no Palácio do Planalto

Registros históricos que compõem parte do acervo do Arquivo Público do Distrito Federal, do Arquivo Nacional e Biblioteca do Palácio do Planalto, irão integrar, a partir desta quarta-feira (10), no Palácio do Planalto, a exposição, “Brasílis a Brasília – Desenvolvimento, Liberdade e Patriotismo”. Inédita, a mostra, que fica em cartaz no espaço até o dia 31 de maio, irá reunir cerca de 50 itens entre documentos e fotografias desde o período colonial, no século 16, até a inauguração de Brasília, marcando as comemorações dos 30 anos de reconhecimento de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. O evento, gratuito, será aberto ao público na quinta-feira (11), mediante agendamento prévio feito pelo site do Palácio do Planalto.
 
Entre as raridades apresentadas na mostra “Brasílis à Brasília”, está o memorial descritivo do Plano Piloto, documento com a planta de Brasília desenhada por Lucio Costa, que nas últimas semanas passou por revitalização no setor de conservação do Arquivo Nacional (foto). Outros documentos históricos, como a planta da capela do Palácio da Alvorada, projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, e as cadernetas da Missão Cruls, que descrevem o primeiro mapa do Distrito Federal, datado de 1894, também foram restaurados. A operação foi acompanhada de perto por um representante do Governo Federal, o Diretor de Documentação Histórica da Presidência da república, Antônio Lessa, e a Diretora de Tratamento e Preservação do Arquivo Público, Tereza Eleutério. 

Dividida em três eixos temáticos, a mostra narra parte da história recente do país por meio de documentos importantes. No ambiente “Formação da Nação”, por exemplo, o visitante terá acesso às cartas sobre expedições científicas e missões religiosas da época do Brasil colonial. No eixo, “Em Busca da Liberdade”, serão apresentados documentos relacionados aos movimentos abolicionistas, separatistas e republicanos, como a Lei Áurea, assinada em maio de 1888, pela Princesa Isabel, e os Autos da Inconfidência Mineira.  

Documentos raros sobre os antecedentes do surgimento de Brasília que fazem parte do acervo do Arquivo Público do Distrito Federal irão nortear o eixo, “Brasil Moderno”. Estarão lá as cadernetas da Missão Cruls, que traz os registros diários da aventura que foi a delimitação do quadrilátero do Distrito Federal, no final do século 19, além de fotos raras do Palácio do Planalto. O relatório do projeto de Lucio Costa vencedor a 60 anos do Concurso Nacional do Plano Piloto da Nova Capital do Brasil está entre os destaques desta série. 

Serviço: Exposição "Brasílis a Brasília – Desenvolvimento, Liberdade e Patriotismo". De 11 a 31 de maio, no Palácio do Planalto. Horários e dias de visitação de terça a sexta, das 10h às 12h e 14h às 17h. Sábado e Domingo das 10h às 16h, direto. Segunda não abre. Por conta da conservação dos documentos o público é limitado, agendando visita pelo site do Palácio do Planalto. (www2.planalto.gov.br).
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Documentos do ArPDF compõem exposição inédita no Palácio do Planalto